6 de mar de 2009

Santo André contratação emergencial - SAÚDE

Secretaria da Saúde de Santo André assinou um convênio para contratar, em regime de emergência, 675 profissionais para atuarem em toda a rede de atendimento ao público. A iniciativa foi celebrada no último dia 12, com o Instituto Nova - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) sem fins lucrativos e fundada em dezembro de 2004.

Apesar da auditoria, em andamento na prefeitura, estar empenhada principalmente nos contratos com ONGs, o prefeito Aidan Ravin (PTB) ressaltou que as críticas às iniciativas formalizadas na gestão petista são voltadas a falta de transparência. “A gente nunca teve explicações das ONGs. Hoje, nós estamos avaliando e analisando de forma transparente cada contrato desse que é celebrado”, enfatizou durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (26).

O Prefeito destacou também que as contratações são voltadas a reposição dos funcionários demitidos pelo Instituto Acqua e também para evitar que alguns integrantes da rede façam hora extra. A intenção do Executivo, segundo Aidan, é até o fim do contrato emergencial estabelecer plano de carreira para assim promover concurso público para suprir a demanda necessária.

A fala do chefe do Executivo foi referendada também pelo secretário de Saúde, Leonardo Oliveira. “Não existia até então objeto definido nos contratos e é isso que nós queremos”, disse.

Os futuros contratados - médicos (clínico-geral e especialista), dentistas, fisioterapeutas, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, agentes comunitários, recepcionistas e auxiliares administrativos – irão preencher o déficit de profissionais no Centro Hospitalar Municipal (CHMSA), nos Prontos Atendimentos (PAs) Central, Bangu, Vila Luzita e Paranapiacaba, em todas as Unidades de Saúde, no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e na Vigilância Sanitária (incluindo agentes para combate à dengue e do programa de desratização).

O contrato de R$ 14.172.597,60 será válido por seis meses, período em que a Secretaria Municipal da Saúde finalizará o plano de gestão da pasta, bem como um estudo da viabilidade de realização de concurso público para preenchimento de vagas e edital público de projetos para contratação de entidade.

A contratação, por um período emergencial de apenas seis meses, foi respaldada pela Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos. O Instituto Nova publicou semana passada um anúncio solicitando o envio de currículo de interessados no preenchimento das vagas. Os candidatos podem mandar seus currículos para o e-mail santoandre@nova.org.br ou comparecer no horário comercial (9h às 18h), na filial do Instituto Nova em Santo André, localizado na avenida Dom Pedro II, nº 125 – sala 42.


Nenhum comentário: